Como Investir - Reserva Ecocerrado Brasil - Araxá/MG

Ir para o conteúdo

Menu principal:


Pessoa Jurídica pode deduzir doações a OSCIP no Imposto de Renda

Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs), agora podem  receber doações dedutíveis no Imposto de Renda de Pessoa Jurídica. Essa é  uma vitória importantíssima na luta pela implantação do Marco Legal do  Terceiro Setor.

A Lei nº 9.249/95, que permite a dedução no Imposto de Renda das Pessoas  Jurídicas até o limite de 2% sobre o lucro operacional das doações efetuadas  a entidades civis, consideradas de Utilidade Pública, passa a abranger também as entidades qualificadas como OSCIP, de acordo com a Medida Provisória nº 2113-32, de 21 de junho de 2001, artigos 59 e 60.

O mecanismo tradicional de incentivo à responsabilidade social dos  empresários e à filantropia privada é a possibilidade de dedução das doações  da base tributável do Imposto de Renda. Da perspectiva das entidades, as  doações das pessoas jurídicas constituem hoje uma fonte importante de  sustentabilidade financeira.

À exceção da isenção do Imposto de Renda, acessível a todas as entidades  sem fins lucrativos que obedecem às determinações constantes do art. 15 da  Lei 9.532/97, as OSCIP's não tinham, até então, acesso a nenhum incentivo  fiscal.
A aceitação, pela Secretaria da Receita Federal, da inclusão das OSCIP's no  universo das entidades beneficiárias de doações dedutíveis do Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas é mais um passo na direção da mudança do marco  legal do Terceiro Setorória nº 2113-32, de 21 de junho de 2001, artigos 59 e 60.

O mecanismo tradicional de incentivo à responsabilidade social dos  empresários e à filantropia privada é a possibilidade de dedução das doações  da base tributável do Imposto de Renda. Da perspectiva das entidades, as  doações das pessoas jurídicas constituem hoje uma fonte importante de  sustentabilidade financeira.

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal